Salve Rainha comemora 2 anos com 1ª Bienal

Nenhum Comentário

No domingo, dia 4 de setembro, teve início a 1ª Bienal do Salve Rainha, no Parque da Cidadania e também as comemorações do segundo ano do coletivo que mudou a cara da cultura piauiense. Um grande público veio conferir de perto as exposições, atrações culturais, feira, shows de bandas locais, além da gastronomia, com muitas opções culinárias espalhadas pelo parque no primeiro dia da Bienal, intitulado de Rainha das Águas. O evento prossegue no dia 11, com a Rainha do Sol; dia 18 – Rainha da Florestas e, no dia 25, Rainha dos Raios.

bienal7

A Bienal também ficou marcada por homenagens para os irmão Bruno e Júnior Araújo, com exposição de objetos do acervo da dupla, vítima de um acidente de trânsito. Para emoção ainda maior do público, Jader Damasceno – que também estava no carro na noite do acidente – veio de Oeiras, onde se recupera do acidente, para a Bienal e foi bastante homenageado. O jornalista e artista plástico também participou da exposição.

14257586_1086827471402451_7358715743487411160_o

Jader Damasceno, de Fênix, no Parque da Cidadania. (Foto: Jeniffer Torres)

Homenagem a Bruno e Júnior Araújo

IMG_6610

Alguns objetos pessoais de Júnior Araújo foram expostos na Bienal.

IMG_6609

Pedaços da história do genial fundador de um movimento, abraçado pelo povo no Parque da Cidadania.

IMG_6618

Peças de Kalina Rameiro, Nonato Oliveira, Catarina Bastos, Elon Constantino e outros diversos artistas estiveram expostos no primeiro dia de Bienal, que acontece até o final do mês de setembro com um calendário extenso de atividades.

bienal3

Ilustrações de Catarina Bastos.

bienal-salve5

Kalina Rameiro também expôs peças na Bienal do Salve.

bienal-salve

A Iemanjá de Nonato Oliveira em tamanho natural exposta ao público no Parque da Cidadania.

Deixe um comentário