Monalysa Alcântara: “Essa é uma vitória nossa!”

Nenhum Comentário
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedIn

“Estou tão feliz! Não estou nem acreditando que isso esteja acontecendo!”, disse a Miss Brasil, Monalysa Alcântara, em São Paulo. Desde o último sábado, dia 19, a beldade piauiense é um dos assuntos mais comentados nas redes sociais e nos sites de notícia do país inteiro. Todos querem saber mais sobre a morena empoderada, de discurso forte e cabelos cacheados, vencedora do concurso de beleza e representante no Brasil na escalada para o Miss Universo 2017.

Fotos: Wilson Filho Fotografias

“Quero dar voz para as mulheres e não vou aceitar ver nenhuma delas dizendo que não é capaz. Me chamavam de feia e hoje eu represento a beleza brasileira”, revelou a Miss Piauí em entrevista ao site do Miss Brasil Be Emotion, após conquistar o título de a mais bela do Brasil. Com 18 anos de idade, Monalysa é a terceira negra na história a vencer o concurso e horas antes de entrar na passarela da final em Ilha Bela, litoral Paulista, revelou a assessora Maiçá Chaves que, “queria participar do concurso e fazer história”.

 

E a história começou a ser escrita!

Monalysa é a primeira a suceder uma miss negra e a primeira do Estado a ganhar o título máximo de beleza, isso tudo em apenas três semana de preparação – prazo que durou o sua trajetória de Miss Piauí a Miss Brasil. O Piauí foi o último Estado a escolher a sua nova Miss e Monalysa teve o tempo mais curto de preparação em relação as outras misses.

Porém, nada disso tirou a sua garra e vontade de fazer história. Para o blog Coisas da Tati, a Miss Brasil deixou especial aos piauienses: “Eu queria mandar um beijo para todos os piauienses. Queria dizer que eu tô muito feliz de estar representando o meu Estado e ter conseguido essa vitória, que não foi só para mim, que foi pelo meu Piauí. Eu jamais iria por outro Estado, porque acredito demais e tenho um grande orgulho de ter nascido e crescido no Piauí. Nossa! E estou muito feliz e queria agradecer as pessoas que votaram em mim, que torceram, me incentivaram, que me empurraram, né? E essa é uma vitória nossa. Muito, muito obrigado! Estou muito feliz”, disse.

Monalysa está há mais de dez dias em São Paulo. Bem antes da competição começar, ela e as outras misses ficaram “confinadas” na belíssima Ilha Bela, Litoral Paulista, onde aconteceu a final histórica. Tanto tempo longe da terrinha, claro, só fez aumentar as saudades: “Tô doida para voltar! Mas as coisas estão acontecendo aqui. São muitas entrevistas e é muita coisa, mas logo, logo estou aí, para dar um cheiro na minha família, para receber vocês e para falar um pouco com o meu povo que eu tô morrendo de saudades desse calor”, contou.

Ainda cumprindo agenda e compromissos em São Paulo, Monalysa deve voltar à Teresina no sábado, dia 26, para uma curta temporada. Por conta dos inúmeros compromissos e contratos, a Miss Brasil ficará em São Paulo, em apartamento mantido pelo concurso. Lá, irá iniciar a sua preparação para o Miss Universo.

 

Um pouco da história

Apenas quatro anos de carreira, Monalysa Alcântara fez sua estreia na passarela do Teresina Trend. Lá, chamou a atenção desta jornalista. Difícil não se encantar com a menina de olhar firme e doce, passos fortes e cabelos incrivelmente empoderados e encaracolados, algo bem incomum numa passarela de modelos com cabelos lisos e loiros. E, desde aquele dia, Mona continuou se destacando.

Primeira foto publicada, saiu no caderno For Teens (JMN).

A aparição na passarela, acabou chamando atenção para uma postagem no For Teens: “Quem é essa garota?”, pergunta que ganhou uma projeção imensa, com muitas respostas. Após a publicação, Monalysa foi destaque falando de cachos, em uma matéria no mesmo caderno onde reunia meninas, como ela, que deram adeus à ditadura da chapinha.

Entrevista For Teens como Miss Teresina

De tanto engajamento, as três entrevistadas (Monalysa, Alessandra e Thays) – que até então não se conheciam – acabaram fundando um  grupo que, logo depois virou um movimento.

Movimento das cacheadas

Daí por diante, sempre a reencontrava nos desfiles e eventos. E na passarela, ela defendia a real beleza negra e o poder dos cachos. E mesmo diante do preconceito, não se acovardou e inspirou meninas. Hoje, é inspiração para o Brasil.

Breve história em fotos

Em quatro anos de carreira, Monalysa Alcântara coleciona muitos trabalhos. A gente garimpou algumas imagens das redes sociais da Miss Brasil que contam – um pouco – a sua história como modelo e miss.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestShare on LinkedIn

Deixe um comentário