Weider Silveiro faz palestra de abertura no Piauilismo 9

Nenhum Comentário

por LARISSA NEIVA

A 9ª edição do Piauilismo, evento que lança no mercado os novos bacharéis em Design de Moda Estilismo da Universidade Federal do Piauí (Ufpi), terá como tema “Fauna e Flora: sonho de uma noite tropical”. O evento, que já entrou para o calendário fashion do estado, acontece no dia 28 de junho, às 19 horas, no Teresina Shopping. A abertura será comandada pelo designer piauiense Weider Silveiro e a expectativa é de que 400 pessoas, entre empresários, jornalistas, professores, designers de moda e público em geral compareçam ao evento.

Weider Silveiro faz palestra pela primeira vez no Piauí

Ao todo, 22 discentes apresentarão suas criações. “Para dar espaço à criatividade individual, a curadoria instituiu a criação autoral em que o novo designer apresenta um look completo inspirado num subtema de sua escolha. Já o look comercial é feito em grupo. Assim, o futuro designer já tem a experiência de trabalhar em coletivo como acontece no mercado de trabalho”, disse Ascânio Wanderley, docente da disciplina Projeto de Coleção II.
Além da criação das peças, os acadêmicos participam ativamente da montagem do desfile, desde a cenografia, passando pela comunicação, até equipe de beleza que vai produzir as modelos no dia do evento. Estão reservados 150 metros quadrados de espaço no primeiro andar do shopping, próximo à loja Camicado. “A cenografia é responsável por transportar o expectador para dentro do evento. Além de trabalharmos bastante a temática fauna e flora na decoração, a passarela terá 35 metros em formato de nove, que remete à edição do evento. Ilhas de exposição de produtos criados pelos próprios estudantes e de produtos comestíveis regionais farão parte da ambientação”, explicou a aluna Dalete Santos, integrante da equipe de produção do desfile.

Comunicação visual

A comunicação desta edição ficou sob responsabilidade de uma equipe de cinco alunos. Desde o mês de abril deste ano, o perfil @piauilismo9 está ativo na rede social Instagram, que é o canal oficial de comunicação do evento. A identidade visual foi criada pelos próprios alunos, que escolheram cores contrastantes e letras estilizadas para o logo. “Pensamos em algo mais moderno para transmitir a mensagem do evento. Utilizamos o mesmo logotipo nas redes sociais, convite, presskit e sinalização, unificando assim toda a comunicação do Piauilismo”, afirmou Renan Dafla, estudante de moda.

Casting tem maioria negra

A complexidade de um evento desse porte não se resume apenas à comunicação e cenografia. A equipe de beleza, por exemplo, ficou responsável por fechar parcerias para produzir cabelo e maquiagem para mais de 40 modelos, a maioria de pele negra e cabelo afro.

Outra particularidade será a inclusão de tradutor de linguagem de sinais e espaço para cadeirantes no local. “Mais de 20 parceiros estão nos ajudando a construir esse momento tão importante para a moda piauiense. Toda a configuração do evento foi pensada para ter a identidade de nossa gente, nossas raízes, fazendo jus ao nome Piauilismo”, concluiu Artemísia Caldas, professora da disciplina de Montagem de Desfile.

 

Desfile de uma das edições do Piauilismo. Monalysa Alcântara, Miss Brasil 2017, desfilou em várias edições do evento.

Deixe um comentário